Hamsá – Mão de Fátima

A Hamsá (خمسة em árabe) é um símbolo de proteção característico do Oriente Médio, seu nome é equivalente ao número cinco, se relacionando com os 5 dedos da mão, representados no próprio símbolo.

A Hamsá tem uma história muito antiga, e apesar de ser muito associada à cultura egípcia, provavelmente teve sua origem na civilização Fenícia e só depois foi difundida na cultura árabe em geral.

Desde o princípio, é utilizada como amuleto e proteção e também teria a capacidade de afastar o mau olhado, por isso é muito usada em tatuagens, especialmente entre as mulheres.

O símbolo consiste em uma palma da mão simétrica, ou seja, normalmente não é possível distinguir o polegar do dedo mínimo (mindinho). Pode aparecer associada à ilustrações de olhos, pombas ou até mesmo com a estrela de Davi, sendo que estes potencializariam o poder de Hamsá.

No Islamismo este símbolo é conhecido como Mão de Fátima, pois os 5 dedos representariam os 5 pilares do islamismo e Fátima a filha preferida de Maomé.

No Judaísmo o símbolo é chamado de mão de Miriam, irmã de Moisés e Arão, que representa os 5 livros do Torá, nesses casos é comum  que o símbolo contenha a  inscrição “Shemá Israel”.

Já no budismo, é conhecida como Abhaya Mudra e tem os mesmos significados de proteção e espantar energias negativas.

Texto por Rafael Lucente

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s